Página Inicial

VOCÊ SENTE OU JÁ SENTIU QUE EM ALGUM MOMENTO SUA VIDA FOI INTERROMPIDA?

Que momento foi esse?
Por que ela mudou seu curso?
Qual foi o divisor de águas?
Seria possível retomá-la?
DESAPEGO© tem como protagonista as confissões dos erros que levaram o autor à fragilização de sua identidade e de como superou a separação conjugal, exclusão familiar, falência financeira, decepção com religião e obsolescência profissional num mundo novo que virou do avesso. Suas buscas e encontros no autoconhecimento reveladas na narrativa de histórias reais, entregam imagens do tempo, cenários e circunstâncias em que foram vividas.
Morando no carro, vivendo em solitude no campo, enfrentando adversidades na periferia urbana e experimentando a mídia social como morada virtual, descobriu, na simplicidade, a aproximação com a natureza, o valor das verdadeiras amizades, a luz da filosofia e a força do amor no resgate de novos sentidos na vida.
Predomina a linguagem poética e traz centenas de crônicas, poemas, aforismos e grafismos singelos ilustrando os capítulos, além de diálogos temperados com humor discreto. Mesclando sutileza, docilidade e acidez sarcástica, leva o leitor à reflexão mostrando que nosso mundo interior é suficientemente vasto para transcender o tempo e as barreiras que separam sonhos e realização. A chave para este mundo está em nossas lembranças, nas emoções e sentimentos que elas despertam e no desapego daquilo que queremos, mas de fato não precisamos. 
"Neste passeio pelas próprias sombras, descobri ser possível encontrar a luz, que revelo de coração aberto a você, desejando que some algo bom em suas buscas." 
- Gutto Carrer Lima
Um convite à epifania 
na qual nenhuma frase 
é gratuita para fazê-lo 
refletir e emocionar-se.
 
ORELHA DE CAPA
DESAPEGO© reúne experiências de aprendizado, aceitação e superação de perdas, renúncias e rupturas relacionadas ao amor, família, filhos, amizade, tempo, trabalho, dinheiro, religião e morte. Em meio à confissões relatadas com profundidade em histórias reais, reflete incertezas que nos afligem diante das rápidas mudanças impostas por este novo século e o quanto elas afetam a autoconfiança, a decisão e o curso de nossas vidas. Um balanço entre tristeza e irreverência bem humorada. Romantismo e realidades sociais. Desejos materiais e conscientização ecológica. A ilusão das paixões e o amor verdadeiro. O peso dos julgamentos e a libertação do perdão. 
Enfim, as sombras das fraquezas e a luz do autoconhecimento que levam à renovação, quando definimos o que realmente é importante entre tantas cobranças e expectativas afastando-nos de nós mesmos.

Um tema atual e abrangente cuja compreensão contribui para aliviar-nos da obrigação de vencer, do medo de perder e da frustração iminente numa cultura em que os desejos despertados raramente são satisfeitos com seus troféus, não importa o quanto tenhamos e realizemos.

NOTA DO AUTOR
Durante trinta anos, fui publicitário. Escrevo alguns poemas e exponho minha percepção do mundo, mas nada disso me define. Independentemente de formação, profissão, sexo, idade, classe social, intelecto ou quaisquer rótulos sociais que autorizariam ou não a ser, antes sou um ser humano e como você, acredito que tenho num corpo, um espírito, uma alma, coração e mente que escrevem o que sentem. A partir da intuição, nossos talentos se manifestam e na razão, eles se organizam. 

Não tenho conhecimentos de psicólogo, mentor, guru ou mestre espiritual para pretender transformar a vida de alguém, mas sabemos que todos nos afetamos pelo que ouvimos e dizemos. Ao final, não fico milionário nem transcendo como um ser iluminado para outra dimensão, completamente ‘‘feliz e bem sucedido’’. O livro não se trata disso, porque é livre das tiranias do sucesso e felicidade segundo modelos prontos. Importa é que a vida continua depois que cada história termina. A experiência de escrevê-la proporcionou-me satisfação e encontrei boa parte do que buscava enquanto vivia o que descrevo. 

O que você terá em mãos são relatos de uma vida. Que eles tragam boas experiências de leitura e suas reflexões somem algo bom em suas buscas.

Todas as Cores da Luz para Você!

– Gutto Carrer Lima
"Se há dez anos eu tivesse a cabeça que tenho hoje, não teria feito nada do que fiz há dez anos e, consequentemente, não teria a cabeça que tenho hoje."
- GCL
Share by: